Padronização, Fontes e Tomadas

   Ultimamente venho notando um grande esforço por parte das fabricantes de celulares (menos a Apple) de padronizar seus conectores de celular, digo menos a Apple pois ela lucra vendendo seus cabos e adaptadores a preços exorbitantes e se fossem padronizados não teriam mais como ganhar dinheiro fácil nisso.
   Pensando nisso vou além, qual a dificuldade de padronizar todas as entradas de todos os aparelhos eletrônicos? Não sou um expert nisso mas acredito por exemplo, todos notebooks poderiam se usufruir de um mesmo tipo de fonte, mesmo com pequenas alterações de amperagem, porque não existir “fontes inteligentes”? Menos para a Apple claro, por motivos óbvios.

   Imaginem em um mundo onde você pode utilizar a mesma fonte para qualquer eletrônico, por que não? A padronização já se encontra presente e existe a tecnologia para transformar isso em realidade.
   Digo isso porque sempre que vou pegar a fonte do meu notebook, tenho que ficar olhando para as que tenho em casa, lendo aquelas letras miúdas e tentando adivinhar qual delas seria a minha. Não seria mais fácil pegar a primeira que eu encontrar e plugar? E se minha fonte queimar, não poderia utilizar a do outro até comprar uma nova? Não, isso não é possível, talvez porque as fabricantes queiram ganhar dinheiro vendendo fontes. Isso fora os modelos e voltagens diferentes para cada pais.
   Imagine o gráfico de lucro de uma empresa, faturamos X em notebooks e 5X em fontes. Acho que isso acaba sendo um modo de vida.
   Você pode até dizer, mas existem fontes que você pode fazer isso, mas elas são burras e de difícil manuseio, para cada notebook, você vai ter que trocar a ponta dela e descobrir a potencia necessária, chaveando manualmente. Acredito que isso seja muito complicado para a população em geral que gosta do famoso Plug and Play.
   Tirando a parte da comodidade, existe também o apelo ambiental, Sempre que um computador é inutilizado, sua fonte vai com ele, estando ela boa ou não, isso poderia ser evitado, se a fonte service para outros aparelhos, diminuindo assim o lixo eletrônico.
   Fora a padronização de fontes existe algo um pouco pior, a padronização de tomadas… sério! Qual o motivo de terem mudado os modelos de tomadas do Brasil? Sim, eu sei que já faz tempo… Mas mesmo assim ainda estou indignado, principalmente pois tenho muitas coisas que tem aqueles pinos retos e preciso comprar adaptadores… Pensando por esse angulo, da para acreditar que os fabricantes de adaptadores foram os patrocinadores desse modelo de tomada, pois é impossível comprar uma tomada hoje em dia e utilizar algum aparelho antigo ou importado (entende-se por importado como Paraguai ou China), sem ter que comprar os benditos adaptadores…
   Outra coisa que poderia ser explorada é os carregadores sem fio… Mas não vou entrar em detalhes, qualquer hora volto para falar deles e do gênio megalomânico chamado Tesla.
   Até quando vamos ter que viver presos nesses modelos obsoletos que causam nada mais do que dor de cabeça, toda vez que você decide viajar para algum outro lugar? A padronização deveria ser lei, somente assim poderíamos viver em paz com nossos amados aparelhos.

Vizualizações: 1835 |

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. A única explicação plausível é a comercialização, não tem outra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *